Casarão da João Moura é demolido contra a decisão da Justiça

O casarão da Rua João Moura 740 estava situado num terreno de aproximadamente 2mil m2 de área verde, com árvores centenárias e de grande porte. Sua bela arquitetura retratava a São Paulo dos anos 30/40.
Na última segunda, dia 26/3, conseguimos suspender seu alvará de demolição, através de liminar, obtida por ação civil pública, até a apreciação do pedido de tombamento pelo Compresp. Recolhemos, em vídeo, um precioso depoimento do grande jurista Modesto Carvalhosa em defesa do casarão.
Ontem, pela manhã, alguns integrantes do grupo foram até o local e, encontrando os trabalhadores em plena atividade, chamaram a polícia, apresentaram a liminar, e interromperam a obra. À noite, criamos um abaixo-assinado pela preservação do casarão, mas hoje, às 9:00h da manhã, encontramos apenas seus destroços.
Matéria publicada no Jornal da Tarde

http://blogs.estadao.com.br/jt-cidades/casarao-e-demolido-em-pinheiros-contra-decisao-da-justica/

Anúncios

Vereadores cassados por recebimento de doações do setor imobiliário

Lista dos 24 vereadores, que ao lado do prefeito Kassab,  foram cassados em 1ª instância pelo recebimento de doações irregulares do setor imobiliário.

Adilson Amadeu (PTB)
Adolfo Quintas Neto (PSDB)
Antonio Donato (PT)
Arselino Tatto (PT)
Carlos Alberto Apolinário (DEM)
Carlos Alberto Bezerra Júnior (PSDB)
Cláudio Roberto Barbosa de Souza (PSDB)
Dalton Silvano do Amaral (PSDB)
Domingos Odone Dissei (DEM)
Gilberto Natalini (PSDB)
Gilson Almeida Barreto (PSDB)
Italo Cardoso (PT)
Jooji Hato (PMDB)
José Américo (PT)
José Police Neto (PSDB)
Juliana Cardoso (PT)
Marco Aurélio Cunha (DEM
Marcus Vinícius de Almeida Ferreira, conhecido como Quito Formiga (PR)
Marta Freire da Costa (DEM)
Paulo Jesus Frange (PTB)
Paulo Sérgio Abou Anni (PV)
Ricardo Teixeira (PSDB)
Ushitaro Kamia (DEM)
Wadih Mutran (PP)

Saiba mais: http://nogueirajr.blogspot.com.br/2012/02/construtoras-que-doaram-kassab-ganham.html

http://www.istoe.com.br/reportagens/43976_CACADA+AOS+VEREADORES

Texto de Ignacio de Loyola Brandão

Prédios, torres, torres. E os bairros vão sendo desfigurados perdendo a identidade. As ruas em que viemos morar eram outras. Onde vai caber tanto carro, tanto esgoto, tanta água das pias, banheiros? Pinheiros, salvemos Pinheiros… Salvemos nossa maneira de morar com qualidade de vida, em paz, convivendo, conhecendo vizinhos, mantendo amigos. A verticalização de um bairro mata sua alma. Mas desde quando o dinheiro esteve preocupado com a alma?

 Ignacio de Loyola Brandão (27 de março de 2012)

PasseaDa no Bairro – sábado, 31 de março

Convidamos a todos para um pequeno passeio pelo bairro. Preparamos uma divertida visita aos locais das futuras torres – incluindo casas a serem destruídas, obras já iniciadas e áreas verdes a serem extintas. Dia 31 de março, sábado, com saída às 15h, do Fran´s Café da Praça Benedito Calixto